Docentes recebem enquete da Administração Central sobre funcionamento da Ufes

O questionário começou a ser enviado por e-mail às/aos professoras/es em 8 de maio e poderá ser respondido até dia 17. 

A iniciativa tem por objetivo coletar informações sobre as condições de trabalho e saber sobre a opinião das/os docentes a respeito das atividades da universidade, especialmente no que se refere ao ensino de graduação e pós-graduação.

A presidenta da Adufes, Ana Carolina Galvão, avalia que as enquetes são importantes, “mas apenas como o primeiro passo para analisar o funcionamento da Ufes”, disse. É sabido que a universidade precisará de mudanças profundas, pois a Covid-19 pode ter desdobramentos por muitos meses ainda. Contudo, “na reorganização das atividades é preciso garantir as condições de trabalho e estudo, sem abrir mão da qualidade da educação”.

Questionário. Na primeira semana de maio foi enviado o questionário às/aos estudantes de graduação e pós-graduação. Cerca de 50% das/os discentes já responderam e quem ainda não se manifestou tem prazo até dia 14. No caso dos docentes, já acessaram a enquete apenas 25% de professoras/es e o prazo é até o dia 17. Em seguida, será a vez de Técnicos Administrativos em Educação.

As pesquisas fazem parte da elaboração de um Plano de Contingência que visa traçar estratégias a serem implementadas durante o período de isolamento social e após o retorno às atividades presenciais, considerando um cenário pós-pandemia. “Por isso é fundamental que as/os docentes participem dessa consulta”, salienta Ana.

O plano está sendo desenvolvido por um grupo de trabalho (GT) criado pela Administração Central, no final do mês de abril, composto por 5 representantes da gestão e 1 representante de cada entidade (Adufes, DCE e Sintufes).

Fonte: Adufes

ANDES