Cid Gomes cancela reunião e ANDES-SN é recebido por secretário executivo

O ministro da educação, Cid Gomes, cancelou a reunião que estava agendada para ontem (terça-feira,10)  com o ANDES-SN. Os diretores do Sindicato Nacional foram recebidos pelo Secretário Executivo do Ministério da Educação (MEC), Luiz Cláudio Costa, que justificou a ausência do ministro.

Paulo Rizzo, presidente do ANDES-SN, reafirmou a intenção do Sindicato Nacional em retomar as negociações sobre a reestruturação da carreira docente, com base no documento firmado entre o Sindicato Nacional e o MEC, em abril de 2014, e também abrir negociações efetivas em torno da pauta de reivindicações do ANDES-SN, deliberada no último congresso da entidade e já protocolada junto ao MEC e o Mpog.Veja aqui.

Costa disse que há disponibilidade do MEC em estabelecer uma agenda de reuniões com o ANDES-SN, e indicou a possibilidade de uma nova agenda para a próxima semana, antecedendo a reunião entre o Ministério do Planejamento e representantes das entidades nacionais dos servidores públicos federais. O secretário ressaltou, no entanto, que as negociações entre o ANDES-SN e o MEC só seriam encaminhadas após a nomeação do próximo representante da Secretaria de Educação Superior (Sesu).

Segundo Paulo Rizzo, a expectativa é que o MEC encaminhe efetivamente o processo de negociação com ANDES-SN. “Na minha avaliação, as definições para o processo de negociação tem que ocorrer pelo ministério independente de quem será o próximo secretário”, pontuou. 

O presidente do Sindicato Nacional ressaltou ainda que é necessário que os professores intensifiquem a mobilização nas Instituições Federais de Ensino nas próximas semanas, para pressionar o Ministério da Educação. “Está claro que este não será um processo fácil e qualquer possibilidade de avanço depende da mobilização da categoria, da capacidade de pressão sobre o governo e de diálogo com a opinião pública uma vez que a educação pública está seriamente ameaçada", afirmou.

Fonte: ANDES-SN

ANDES