20ª edição do Grito dos Excluídos terá como tema as manifestações de rua por liberdade e direitos

O ato que deve acontecer em mais de mil cidades pelo país, em Vitória, será realizado em São Pedro. O lema deste ano é “Ocupar as ruas e praças por liberdades e direitos”.

"Este é 20º ano em que a Igreja, juntamente com diversos movimentos sociais, realiza o "Grito dos Excluídos" no dia da Independência do Brasil, 7 de setembro. A violência institucionalizada há décadas no Espírito Santo, é produto da exclusão social. A sociedade que formamos está sedimentada na lógica da produção e do consumo e o Estado se submete aos interesses do mercado em detrimento dos interesses da população.

Ao propor, no dia da Pátria, um "Grito pela Paz" unificado em todo Estado, a Igreja chama a atenção das autoridades e da população para as causas e consequências da violência e os possíveis enfrentamentos através da união de toda sociedade em torno da sacralidade da vida e da liberdade humana. “Os pobres do Espírito Santo têm direito à vida e à liberdade", diz Padre Kelder Brandão.

Programação

07/09 (domingo)– Grande Caminhada pela Paz, a partir das 9 horas. Concentração na Escola Rita de Cássia, no Bairro Resistência, e fim da caminhada na Escola de Ensino Médio Elza Lemos Andreatta, na Ilha das Caieiras.

Fonte: Fórum São Pedro Vivo e Consciente.

ANDES