Assembleia rejeita as propostas de alteração do Estatuto da Ufes

Foi eleita ainda a Comissão Eleitoral e aprovado o cancelamento do plano Vivo. Ao final, houve confraternização com presença da presidente do Andes-SN Eblin Farage

A Assembleia Geral da Adufes rejeitou na tarde dessa quinta-feira (10) as propostas apresentadas pela  comissão especial designada pela universidade para alterar o Estatuto da Instituição. Por unanimidade, os professores decidiram que as reformas no documento atual precisam  ocorrer, porém é necessária uma ampla e democrática discussão sobre o tema.

Desta forma, após rejeitar as propostas na íntegra, os professores aprovaram a organização de Congresso Geral Estatuinte,com participação dos três segmentos da Universidade ( docentes, técnico-administrativos e estudantes) e da comunidade externa.

Debate. A decisão de rejeitar o documento foi precedida por muita discussão na plenária e, ainda, pelo debate estatuto mesadebate Novo Estatuto – Que Ufes Queremos (assista vídeo completo do debate), realizado em 05/10,  e que instigou a formação de uma estatuinte na Ufes, com a apresentação de ideias sobre quais devem ser os objetivos e a concepção de uma universidade (galeria de fotos do debate

Na avaliação da categoria e da Comissão Interna do Sindicato, além de pouco participativo, o debate acerca do novo Estatuto tem sido conduzido de forma antidemocrática. “Essa é uma tarefa que deve envolver a comunidade acadêmica. Após três anos de estudo, a Comissão da Universidade apresentou uma proposta que está equivocada em sua forma e conteúdo. Na atual conjuntura do país, precisamos analisar e discutir todos os pontos com muita clareza e não aprovar um novo Estatuto a toque de caixa”, frisou o presidente da Adufes, José Antônio da Rocha Pinto.

Eleições Adufes. Com a responsabilidade de conduzir todas as etapas do pleito sindical, a plenária dessa quinta-feira (10) elegeu os três titulares da Comissão Eleitoral: Rogério Neto Suave, Temístocles de Souza Luz e Antônio Luiz Rosa.  Ficou decidido que o quarto nome –vaga de suplente – será indicado pela diretoria.  

As eleições para a nova direção (biênio 2017/2019) do sindicato ocorrerão em 23/11. O prazo para registro de chapas e outras providências serão decididos pela Comissão Eleitoral.  Desde o último pleito, os aposentados sindicalizados passaram a votar e também a se candidatar ao Conselho de Representantes. Assim, eles também poderão participar de forma igualitária do pleito, representando os Centros onde atuaram.

Plano Vivo. Os professores também concordaram com o cancelamento do plano de telefonia Vivo que, na avaliação geral, não tem ofertado um bom atendimento à categoria. Ficou acertado que a diretoria do Sindicato comunicará aos filiados sobre a decisão e que a migração para outro plano seja feita  com o mínimo de transtornos aos usuários.

age 10 10 eblin ponto encontroage 10 10 eblin microfonePonto de Encontro. Após a Assembleia houve uma confraternização com comes, bebes e música ao vivo. E quem compareceu à plenária e ao Ponto de Encontro foi a  presidente do ANDES Sindicato Nacional, Eblin Farage, que estava na Ufes participando de atividade organizada pelo Conselho Regional de Serviço Social. Ela aproveitou para informar sobre a criação de uma Frente Nacional em Defesa das Instituições de Ensino Superior Públicas, a ser lançada no próximo dia 19, Dia Nacional em Defesa  da Educação Pública.

 

Fonte: Adufes

ANDES