ES: Plenária das Centrais Sindicais fortalece preparação da Greve Geral de 14 de junho


Próximo encontro das Centrais (CSP-Conlutas, CTB, CUT e Intersindical) para organização do movimento paredista será amanhã (sexta, 7/6), às 14 horas, na sede da Adufes (Campus Goiabeiras/Ufes), em Vitória.  

As centrais sindicais, movimentos populares, entidades estudantis e sindicatos estão a todo vapor com os preparativos para a Greve Geral do dia 14 contra a reforma da Previdência de Bolsonaro. No Espírito Santo, mais de 60 pessoas participaram da primeira plenária organizativa que ocorreu na noite de terça-feira, 5, no Centro Sindical dos Bancários, em Vitória.

Falando em nome da CSP-Conlutas no ES, o técnico administrativo da Ufes, Fílipe Skiter ressalta que as plenárias cumprem papel importante, pois mostram a unidade dos trabalhadores na luta contra a reforma da Previdência. “Com ampla unidade teremos condições de derrotar esta contrarreforma, os ataques à educação, o desemprego e este governo reacionário de Bolsonaro”, diz Skiter que tem participado das atividades.

Mobilização. Para intensificar a mobilização para a greve do próximo dia 14, as lideranças estão definindo pela realização de panfletagens em locais de trabalho, porta de fábricas, escolas, universidades e locais públicos, tanto na capital como nos municípios do interior do estado.  Na organização das atividades do dia estão previstas também coleta de abaixo-assinado e atos públicos.

 cartaz greve dia 14“Estamos a uma semana da realização da Greve Geral. É hora de jogarmos todas as forças na construção do movimento a partir das bases”, ressalta o presidente da Adufes, José Antônio da Rocha Pinto. Diversas categorias, inclusive, estão realizando assembleias deliberativas sobre a participação na Greve Geral. Os professores da Ufes já decidiram que vão parar em 14 de junho em protesto contra cortes na Educação, na Previdência e outras medidas graves que ameaçam o país. 

Fonte: Adufes 

ANDES