Nota sobre a sessão do CEPE que debateu a suspensão do calendário da Ufes

 

A decisão do CEPE sobre a suspensão do calendário foi de encaminhar o debate aos Centros de Ensino para que os departamentos, colegiados e demais setores que compõem cada centro possam se manifestar até o próximo dia 28. A Adufes estará presente em cada reunião, em cada conselho, reafirmando os princípios defendidos até aqui. Estamos à disposição de nossa base. Cada conselheira e conselheiro pode nos chamar. Cada chefia, direção e qualquer docente pode nos procurar e nos convocar a participar de reuniões para levar informações.

A Adufes seguirá perseguindo a coerência, o compromisso ético político e a argumentação fundamentada para fazer a defesa da comunidade acadêmica.

Consideramos uma vitória que depois de mais de 60 dias sendo ignorado, o CEPE tenha sido instado a fazer essa discussão. Lamentamos que mais uma vez essa decisão tenha sido postergada, mantendo nossa universidade na contramão do fortalecimento coletivo das instituições federais de ensino superior. Julgamos fundamental que o debate seja feito de forma ampla e democrática, mas a Adufes vem solicitando que esse encaminhamento seja dado há meses, desde nossa primeira intervenção no Conselho Universitário. Assim, lastimamos que a Administração Central, que preside tanto o CEPE quanto o Conselho Universitário, esteja dando tratamento inaceitavelmente burocrático ao assunto e, com isso, mantendo docentes, técnicos e estudantes sem as devidas providências acadêmicas.

Agradecemos às professoras e aos professores que se manifestaram rapidamente e em poucas horas acumularam dezenas de fotos pedindo a suspensão do calendário, demonstrando que o tema é urgente, necessário e que já foi compreendido pelas/os docentes. Contamos com vocês na continuidade da luta!

Diretoria da Adufes (Gestão Propositiva e Plural)

ANDES